Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Lugares / As mais facinastes cachoeiras ao redor do mundo
cachoeirabela3

As mais facinastes cachoeiras ao redor do mundo

As cachoeiras são maravilhas naturais das mais incríveis do planeta. Refrescantes para um mergulho, pequenas ou imponentes, essas obras-primas da natureza hipnotizam e revelam belíssimas paisagens escondidas entre penhascos, lagos, rios e florestas. Da indiscutível beleza das nossas Cataratas do Iguaçu ao ‘véu’ elegante do Salto Àngel, na Venezuela, conheça a seguir as mais impressionantes e fotogênicas quedas d’água ao redor do mundo:

 

 

 

 

cachoeirabela
Cataratas Vitória

 

Cataratas Vitória (Victoria Falls) – Zimbábue e Zâmbia

Localizada na fronteira do Zimbábue com a Zâmbia – países da África austral -, as Cataratas Vitória (Victoria Falls) formam a maior queda d’água do mundo em extensão, com 1708 metros de comprimento e 90 metros de altura. O escocês David Livingston “descobriu” as quedas em 1855 e resolveu batizar o lugar em homenagem à rainha Vitória do Reino Unido. Os moradores da região, no entanto, preferem chamar as Cataratas de “Mosi-ao-Tunya” (‘Fumo que Troveja’), devido ao barulho das águas e à névoa que se forma sobre o rio Zambezi. Em 1989, o conjunto espetacular de cachoeiras foi inscrito na lista dos Patrimônios da Humanidade pela Unesco.

cachoeirabela2
Salto Àngel

Salto Àngel – Venezuela

O Salto Àngel (Angel Falls), no sudeste da Venezuela, é a cachoeira mais alta do mundo, com 979 metros originados a partir da queda do rio Churún. Ela tem o sobrenome do aviador norte-americano Jimmie Angel, que foi a primeira pessoa a sobrevoar o local, em 1933. A longa queda d’água pertence ao Parque Nacional de Canaima, inaugurado em 1962 e declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco na década de 1990. A melhor maneira de conhecer o imponente ‘véu’ do Salto Àngel é sobrevoando o lugar, como fez Jimmie, ou contratando um serviço de canoas motorizadas, que normalmente funcionam de maio a novembro.

cachoeirabela3
Yosemite Falls

Yosemite Falls – Estados Unidos

Três seções distintas (Upper Fall, Middle Cascades e Lower Fall) compõem a cachoeira mais alta da América do Norte, que cai do topo de um penhasco a mais de 700 metros de altura. A queda d’água é a atração principal do Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, e facilmente vista a partir de uma multiplicidade de mirantes e trilhas da área de preservação. A melhor época para visitação é na primavera do hemisfério norte (março a junho), quando o fluxo de água está em seu auge.

cachoeirabela4
Cataratas do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu – Brasil e Argentina

As Cataratas do Iguaçu – um dos cartões-postais mais visitados do nosso continente – formam o maior conjunto de quedas d’água em volume do planeta, com aproximadamente 275 cachoeiras que chegam a 90 metros de altura. A força das águas atrai turistas de todas as partes do mundo, que se aglomeram nos mirantes e passarelas para capturar o melhor ângulo do impressionante monumento natural. Nos arredores, há atrações radicais e tranquilas tanto no lado brasileiro (Parque Nacional do Iguaçu), quanto na parte argentina (Parque Iguazu). As Cataratas foram eleitas em 2011 uma das Sete Maravilhas da Natureza e marcam a divisa entre os dois países.

cachoeirabela5
Cachoeiras do Parque Nacional dos Lagos Plitvice

Cachoeiras do Parque Nacional dos Lagos Plitvice – Croácia

Fundado em 1949, o Parque Nacional dos Lagos Plitvice é o maior da Croácia e também o mais antigo do sudeste europeu. Com 1,2 milhão de visitantes ao ano, a área de preservação é famosa por abrigar uma rede interligada de lagos e cachoeiras, formados por águas de tom turquesa vindas da combinação única de minerais e organismos do escoamento dos Alpes Dináricos. Há tours especiais para grupos mas o passeio torna-se mais interessante quando o viajante explora o lugar no seu próprio ritmo, refrescando-se nas quedas d’água e aproveitando a natureza ao redor. Mapas à venda na entrada do parque ajudam o turista a se guiar no labirinto de trilhas e passarelas.

cachoeirabela6a
Sutherland Falls

Sutherland Falls – Nova Zelândia

Apesar de não ser a cachoeira mais alta da Nova Zelândia – título que pertence à vizinha Browne Falls (610 m) -, a Sutherland Falls, com 580 metros, é considerada uma das mais espetaculares cachoeiras do país. Ela está situada no Parque Nacional de Fiordland e foi batizada em homenagem a Donald Sutherland, explorador escocês que descobriu o local em 1880. Além de um lago no topo (Lago Quill), outra de suas particularidades é a queda d’água, que se desloca para a direita em um ponto e volta para a esquerda, formando três seções distintas. Para conhecer este paraíso, é preciso se aventurar na “Milford Track”; uma das trilhas mais populares da Nova Zelândia, com pouco mais de 50 quilômetros de extensão.

cachoeirabela7
Cataratas do Niágara

Cataratas do Niágara – Canadá e Estados Unidos

Composta por três volumosas quedas d’água (Horseshoe Falls, American Falls e Bridal Veil Falls), as Cataratas do Niágara marcam a fronteira entre o estado de Nova York, nos Estados Unidos e a província canadense de Ontário. Turistas e moradores têm longas discussões para saber qual país detém o título de melhor vista para o trio de cachoeiras. Rivalidades à parte, o ponto de observação mais privilegiado – e emocionante – é, sem dúvidas, ao nível da água, por meio de embarcações que chegam bem pertinho das cascatas. Devido à proximidade, os visitantes têm que usar equipamentos de segurança e capas de chuva.

cachoeirabela8
Detian Falls

Detian Falls – China e Vietnã

A Detian Falls, situada entre a China e o Vietnã, é a quarta maior queda d’água transfronteiriça do mundo, ficando atrás apenas das Cataratas do Niágara, Iguaçu e Vitória. Com duas partes distintas – Chinh Thac (cachoeira principal) e Thac Phụ (cachoeira secundária) -, ela está inserida em um belíssimo cenário marcado por arrozais coloridos e formações rochosas. No verão, com o grande volume das águas das chuvas, as duas cachoeiras se unem e formam um incrível espetáculo frente aos olhos dos viajantes. Vale lembrar que a região, marcada por diversos conflitos entre os dois países asiáticos, foi aberta recentemente ao turismo.

cachoeirabela9
Gullfoss

Gullfoss – Islândia

A Gulfoss, no sudoeste da Islândia, é uma das atrações mais populares da Islândia e também a cachoeira mais potente do continente europeu. A força das águas segue o rio Hvitá (“Rio Branco”, em Islandês) e mergulha em um profundo e estreito corte escavado na terra. Dependendo do tempo na Islândia, o viajante poderá contemplar diversos arco-íris de uma só vez acima dos três níveis do rio; um espetáculo ímpar de cor e movimento.

cachoeirabela10
Jägala Falls

Jägala Falls – Estónia

Conhecida como as ‘Cataratas do Niágara do Báltico’, a Jägala Falls – a 18 quilômetros da capital Talinn – é a maior cachoeira natural da Estônia, com 50 metros de largura e oito metros de altura. Embora seja pequena em relação às outras quedas d’agua da lista, a Jägala tem uma característica cênica peculiar no inverno, quando a água congela e forma um incrível paredão de gelo com túnel e formas irregulares.

 

Visto em MSN Viagem

Comments

Veja Também

10 idéias malucas de viagens para caçadores de emoção

Todo mundo quer conhecer novos lugares, e tem ideias para fazer uma grande viagem. Muitos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *